ASTOR



Eu sou o Astor, filho da Menina,

Minha mãe foi abandonada com 8 filhotes na beira da represa de guarapiranga em SP e ficamos vários dias sem socorro, passando fome e frio.Graças a Deus fomos resgatados pela Abeac, se demorasse mais um pouco nós não aguentaríamos , estávamos muito debilitados.

Eu vivo na Abeac desde 2008, infelizmente ainda não tive a chance de conhecer um lar de verdade, mas aquí me sinto seguro, protegido.

Sou um pouco assustado com pessoas que não conheço, mas sou dócil, tranquilo e convivo bem com fêmeas.